Please reload

Publicações Recentes

Café Especial: qualidade única e experiência marcante

30.01.2015

Os cafés Especiais, visados por consumidores ao redor do mundo que buscam exclusividade e qualidade, ganham um número de adeptos cada vez maior dia após dia.

 

O termo café Especial começou a ser utilizado pela americana Erna Knutsen, em 1974. Knutsen, que era uma importadora de grãos finos na Califórnia, usou este termo para descrever os grãos de melhor sabor produzidos em condições ou microclimas especiais.

 

A Associação Americana de Cafés Especiais, ou SCAA - (Specialty Coffee American Association), começou a utilizar o conceito uma vez que, já naquela época, tinha como propósito diferenciar cafés comuns de cafés que apresentavam características exclusivas e alta qualidade. Ao longo dos anos desenvolveu uma metodologia e escala de classificação que são utilizadas por especialistas que avaliam cafés no mundo todo.

 

De acordo com a Associação, o café que marca 80 pontos ou mais em uma escala de 100 pontos já é graduado como Especial. Além disso, um café especial é cultivado em climas ideais e se difere por conta de seu sabor e por ter pouco ou nenhum defeito. Seu sabor é resultado de características específicas e da composição do solo em que é produzido.

 

No Brasil, alguns especialistas levam em conta somente características sensoriais e organolépticas que tornam um café Especial, enquanto outros vão além e também avaliam o sistema de produção, certificações de processo e qualidade.

 

Mas o consenso existente é de que o café Especial apresenta uma qualidade única, uma personalidade diferente, que se destaca quando comparada a de outros cafés.

 

E o café Gourmet?

 

Também é comum a utilização do termo café Especial como equivalente ao de café Gourmet. No Brasil, há metodologias que regulam o que é um café Gourmet, um café Superior e um café Tradicional. Nessa avaliação são consideradas a espécie do grão, seu tipo, pontuação e quantidades de defeitos.

 

Um café Gourmet é considerado um café excelente, que apresenta um pacote de qualidades em aroma, corpo e sabor, entre outras qualificações. Neste sentido, um café Gourmet é um café Especial. Mas um café Especial pode superar o conjunto de qualidades exigidas para um café Gourmet, seja na pontuação da bebida, avaliada por um grupo de cuppers, ou quanto aos seus atributos de aroma, sabor, corpo, manejo e origem dos grãos.

 

Ou seja, como o próprio nome diz, é um café que traz algo especial, proporcionando uma experiência única para quem aprecia um bom café!

Please reload

Compre

Produzido por: 

Sanches Cafés Especiais

contato@sanchescafes.com.br

www.sanchescafes.com.br

SOCIAIS:         PAGAMENTO:         ENTREGA: 

© 2014 by Cafetina.